Publicado por Osvaldo Cruz em 15/06/2018 às 2:29 am Nenhum Comentário

Enviadas-Comenda-M-Quit-Yris-Namara-Lima-de-Oliveira-Fto-Vicen-Ferreres14-06-2018-14“O importante e bonito no mundo é isso: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas, mas que estão sempre mudando. Afinam e desafinam”. Foi com a citação de Guimarães Rosa que a vereadora Gerusa Sampaio apresentou, na noite desta quinta-feira (14), na Câmara Municipal de Feira de Santana, a professora Yris Namara Lima de Oliveira Reis, homenageada com a Comenda Maria Quitéria.

Ao saudar os convidados para a noite festiva, que contou um belo vídeo sobre a vida da homenageada e a participação musical de Márcia Porto e Tito Pereira, Gerusa falou de “pessoas que parecem estar sempre afinadas com seus ideais, seus sentimentos, sua família, seu trabalho e sua vida”. Segundo ela, Yris Namara confirma diariamente que ser mulher não a impede de ir além e superar limites.

Na avaliação da vereadora, ensinar, orientar, estimular, incentivar crianças e jovens a descobrir suas potencialidades é uma tarefa nobre e gratificante, que exige esforço e empenho. Ela sugeriu que a comenda outorgada à educadora, que é formada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), simbolize “a esperança de que a educação e o conhecimento possam dar ao homem a condição de transformar esse cenário político”.

Atualmente vice-diretora pedagógica do Colégio Santo Antônio, atua na alfabetização de jovens e adultos na Escola Municipal Carlos Alberto do Carmo, no bairro Calumbi e ainda presta assessoria pedagógica ao município de Santo Estêvão. Antes da graduação na UEFS, cursou Magistério no Instituto de Educação Gastão Guimarães. Trabalhou por mais de 20 anos na Escola João Paulo e atuou na formação de professores e coordenadores.

A professora Yris Namara não economizou palavras para falar da profissão que exerce há três décadas. “O que pouco de nós sabemos é que ninguém vira professor por acaso. Ser professor não é escolha, é missão espiritual”, disse, citando o livro de Gênese para afirmar que “Deus criou o professor à sua imagem”. Ser professor, segundo ela, “é plantar para outro colher, é ato de humildade e desapego, é esvaziar-se de si mesmo”. Visivelmente emocionada, a educadora falou do caminho que o professor percorre entre a falta de amor próprio ao excesso de amor ao próximo.

Yris falou também da desvalorização da profissão, afirmando que “o professor não vale o quanto ganha”. Ou seria o inverso? Citando grandes homens da história mundial, a nova comendadora de Feira de Santana explicou a diferença entre professor e mestre. “Mestre é aquele que deixa marcas no coração”, disse, destacando que Homens como Hitler e Mussolini foram líderes, mas nunca mestres, condição atribuída a Luther King e Paulo Freire.

A sessão foi presidida pelo vereador Marcos Antônio dos Santos Lima, 2º vice-presidente da Câmara Municipal; vereador licenciado e secretário municipal de Serviços Púbicos Justiniano França, representando o prefeito Colbert Martins da Silva Filho; Frei Hélio Silva, diretor geral do Colégio Santo Antônio; Frei Mário Sérgio Souza, líder religioso e vice-diretor administrativo e financeiro da comunidade da Ordem dos Capuchinhos; a homenageada e seu esposo Antônio de Oliveira Reis.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



Anuncio!
b197ae5c-5cff-4c5f-a0c3-ea1dc4449104
21742913_398474310549713_538333983765388527_n
logo
ac2989e4-2a4a-4646-b359-36f246ef1e62
images
2c96748c-7aca-464f-a9f4-5edb11afe3da
Lene
logo-rota-da-moda2
b197ae5c-5cff-4c5f-a0c3-ea1dc4449104
21742913_398474310549713_538333983765388527_n
logo
ac2989e4-2a4a-4646-b359-36f246ef1e62
images
2c96748c-7aca-464f-a9f4-5edb11afe3da
Lene
logo-rota-da-moda2

Enquete


    • Sorry, there are no polls available at the moment.

  • O Povo Fala