Publicado por Osvaldo Cruz em 07/01/2018 às 4:34 pm Nenhum Comentário

naom_59ae5bf74a867Rosto velho, roupa nova. A expressão “se não me falha a memória…” deverá ser muito usada neste ano eleitoral. Afinal, “se não me falha a memória”, o candidato que hoje prega contra a reforma da Previdência já foi mais simpático às mudanças no setor. “Se não me falha a memória”, outro presidenciável que hoje garante que vai privatizar diversas estatais já jurou que jamais tocaria em nenhuma delas. Políticos realmente mudam de opinião ou apenas adaptam seus discursos de acordo com a plateia ou conveniência eleitoral?

Quando a memória falha ainda é possível ir ao Google ou às redes sociais para se certificar daquilo que foi dito em outro “momento”. Veja o caso do deputado e presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que acaba de se acertar com o PSL e reforça a ideia de ser um defensor da economia de mercado. Recentemente, Bolsonaro escreveu que “o Brasil precisa de um Banco Central independente!”. Para ele, com a independência do BC, “profissionais terão autonomia para garantir à sociedade que nunca mais presidentes populistas colocarão a estabilidade do País em risco”.

Em 2016, porém, questionado sobre o tema, proferiu: “Daí eles decidem a taxa de juros de acordo com os interesses dos colegas do mercado financeiro? Então é melhor o pessoal do BC governar o País como se uma junta fosse”. Procurada, a assessoria do deputado informou que ele não se manifestaria.

Além de Bolsonaro, outros presidenciáveis também mudaram ou adaptaram seus discursos. Se hoje o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chama a reforma da Previdência de “crime contra o povo mais pobre”, em 2015 ele pensava um pouco diferente. Em entrevista, Lula falou: “A gente morria com 60 anos de idade, com 50 anos de idade, agora a gente tá morrendo com 75 (…). Você não pode ficar com a mesma lei que você tinha feito há 50 anos”.

Questionada, a assessoria do petista afirmou que não há contradição e que Lula é contra “essa reforma da Previdência, proposta por Michel Temer”.

Já o governador Geraldo Alckmin (PSDB), que, em novembro passado, declarou que “um terço das estatais federais foi criada pelo PT e que a maioria delas deve ser privatizada”, já teve opinião diferente. Na eleição de 2006, quando disputou o segundo turno com Lula, ele dizia não existir nenhum projeto de privatização. “Vamos investir em empresas públicas, como Banco do Brasil, Correios, Caixa e Petrobrás.” Na mesma eleição, Alckmin chegou a vestir jaqueta com o logotipo de estatais para indicar que não iria privatizá-las.

Questionado agora, o tucano disse que em 2006 procurou “contestar Lula”. “Ele dizia que eu ia privatizar Banco do Brasil e Petrobras. Eram mentiras. Mas eu sempre fui favorável à redução do tamanho do Estado”, afirmou.

Discursos

Para o cientista político Claudio Couto, da Fundação Getulio Vargas (FGV-SP), essas “reorientações de discursos” têm ocorrido em um grau cada vez mais forte. “Isso acontece porque o discurso que se faz dentro dos partidos para animar as militâncias costuma ser muito diferente do discurso que é produzido para conquistar o eleitor comum.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



Anuncio!
26734028_1701812299883772_164036389276470531_n
Felippe
2c96748c-7aca-464f-a9f4-5edb11afe3da
Tom
Manio
Comandante-300x225
cARDOSO
Salvador3
Secretario
Alvario lll
e0485cdd-9070-4b4c-bad3-790e459ef007
Vereador Nery
25507966_2036773609673378_8707596801378399949_n
75fa9d27-a55c-4a29-a6e1-20569f98ff2b
Expedito Eloyll
74c6ba05-2bbb-44ec-9ff3-5c303620ba2d
Carlos
Neto to
40a85feb-7cb2-4b3c-adf4-03700de53644
Paixe ll
Maninho
Icaro ll
Tom
Chico
DEP JOSE NUNES - MENSAGEM FIM DE ANO - BANNER - 120X240PX 02 - FINAL
thumbnail_Banner_pequeno
Ver.Gilmar-Amorim-Natal-e-Ano-Novo-1
Vereador-Eli-Ribeiro-Natal-e-Ano-Novo
thumbnail_WhatsApp Image 2017-12-08 at 13.51.22
24991225_659980261057612_6870535089399428527_n
Correia
Edvaldo
Sueder
Lene
16998243_743738035784161_511361367268910124_n
logo-rota-da-moda2
12592491_798862370240947_2578759563094791953_n
26734028_1701812299883772_164036389276470531_n
Felippe
2c96748c-7aca-464f-a9f4-5edb11afe3da
Tom
Manio
Comandante-300x225
cARDOSO
Salvador3
Secretario
Alvario lll
e0485cdd-9070-4b4c-bad3-790e459ef007
Vereador Nery
25507966_2036773609673378_8707596801378399949_n
75fa9d27-a55c-4a29-a6e1-20569f98ff2b
Expedito Eloyll
74c6ba05-2bbb-44ec-9ff3-5c303620ba2d
Carlos
Neto to
40a85feb-7cb2-4b3c-adf4-03700de53644
Paixe ll
Maninho
Icaro ll
Tom
Chico
DEP JOSE NUNES - MENSAGEM FIM DE ANO - BANNER - 120X240PX 02 - FINAL
thumbnail_Banner_pequeno
Ver.Gilmar-Amorim-Natal-e-Ano-Novo-1
Vereador-Eli-Ribeiro-Natal-e-Ano-Novo
thumbnail_WhatsApp Image 2017-12-08 at 13.51.22
24991225_659980261057612_6870535089399428527_n
Correia
Edvaldo
Sueder
Lene
16998243_743738035784161_511361367268910124_n
logo-rota-da-moda2
12592491_798862370240947_2578759563094791953_n

Enquete


    • Sorry, there are no polls available at the moment.

  • O Povo Fala