Publicado por Osvaldo Cruz em 14/11/2017 às 1:24 pm Nenhum Comentário

humberto-cedraz-diz-que-jose-ronaldo-quando-presidiu-a-upb-nao-buscou-aproximacao-com-os-prefeitos-9646Nunca Feira de Santana precisou tanto do ex-deputado estadual Humberto Lopes Cedraz.  Na eleição de 2014, Humberto se lançou candidato a deputado federal, pelo partido PEN- Partido Ecológico Nacional e criou diretórios e equipes em diversos municípios da Bahia, dando uma enorme demonstração de organização e formação de grupo, mas, sem apoio, amargou a derrota alcançando a heroica  votação de 11.624 votos.

Na época,  Feira de Santana tinha diversos nomes na disputa pelo cargo de deputado federal, a exemplo de Irmão Lazaro que foi o terceiro mais votado da Bahia, Zé Chico que bateu a marca de mais de 55 mil votos, Colbert Martins que obteve mais de 57 mil votos, Fernando Torres  obtendo mais de 66 mil votos.  Neste contexto, não disputarão eleição para deputado federal em 2018, Irmão Lazaro, Fernando Torres e  Colbert Martins.

Agora, o momento é apropriado para o chamamento de um nome politico e que tenha experiencia com capacidade de representar bem a cidade de Feira de Santana. Um nome que reúne todos os requezitos na cidade é do empresário, radialista, jornalista e ex-deputado Humberto Cedraz. Mas, para substituir a falta dos nomes que não disputarão uma vaga na eleição de 2018 para deputado federal,   teria que ser um projeto  do governo em parceria com todas as lideranças politicas do grupo governista.

É indiscutível a atuação de Humberto  no contexto politico, na formação de grupos, na formação de lideranças politicas, aja visto, a quantidade de vereadores que são eleitos  a cada legislatura que saem do grupo de sua orientação. Agora é chegada a hora, Feira está desprovida de nomes políticos para representa-la na próxima eleição. A lacuna é tão grande  que até forasteiros se apoderam de títulos de feirenses “de coração” para tomarem posse de lideranças politicas e consequentemente tirarem a oportunidade da cidade ter sua representatividade politica no senário nacional.

Feira não quer candidatos de fora!  a cidade tem o segundo maior colégio eleitoral do Estado e quer nomes de verdadeiros representantes da terra na sua representatividade politica.  Feira não precisa ser adotada por políticos que se intitulam de padrinho, a cidade tem capacidade de eleger três ou mais candidatos natos, e quem sabe até adotar outros, mas, o projeto inicial e primordial deve ser a formação de seus próprios lideres e representantes.

O nome do ex-deputado Humberto Cedraz, está em alta no conceito politico para a disputa eleitoral de 2018, visto pela obediência ao chamamento dos feirense, bastando apenas o querer do grande líder politico da terra, José Ronaldo de Carvalho, que sempre contou com o apoio da sociedade e que não lhe furtará ao chamamento na eleição de Humberto para deputado federal.

Feira quer e precisa de Humberto, não só pela sua capacidade  de articulação politica, mas, também em agradecimento pelo que tem feito na formação de novas lideranças, onde nunca desistiu de preparar jovens e outros que sonham em chegar a Câmara Municipal, mas, que diante da barreira politica e financeira nunca chegariam se não fosse pelo trabalho de orientação e formação do ex-deputado.

É chegado a hora, Feira de Santana, precisa de nomes de visão politica para representa-la em Brasilia e Humberto Cedraz é um desses que o prefeito pode confiar porque até aqui, tem se mostrado fiel  ao grupo e nunca desistiu do crescimento politico da  cidade.

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



Anuncio!
Camara
Edvaldo
Sueder
Lene
16998243_743738035784161_511361367268910124_n
logo-rota-da-moda2
12592491_798862370240947_2578759563094791953_n
Camara
Edvaldo
Sueder
Lene
16998243_743738035784161_511361367268910124_n
logo-rota-da-moda2
12592491_798862370240947_2578759563094791953_n

Enquete


    • Sorry, there are no polls available at the moment.

  • O Povo Fala