Publicado por Osvaldo Cruz em 13/11/2017 às 11:44 pm Nenhum Comentário

maxresdefaultO deputado estadual Targino Machado (PPS), nesta segunda-feira (13) na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), criticou a falta de produtividade da Casa. O parlamentar falou sobre o alto orçamento do Poder Legislativo Estadual – mais de R$ 500 milhões por ano – e alertou que a ALBA tem muitos projetos a serem aprovados que beneficiam a população do estado.

“Mais de 500 milhões de reais por ano jogados no lixo, no ralo. Poderíamos transformar 500 milhões em investimentos na segurança pública. Quantas delegacias nós iríamos consertar e qualificar, notadamente do interior, onde faltam viaturas, quando existem ou estão sucateadas ou falta combustível, faltam coletes balísticos, armas, munição e delegacias que faltam até mesmo a carceragem. E ficamos aqui brincando de fazer política. O povo da Bahia paga altos salários aos deputados e esses cabras não trabalham. Essa Casa nunca atrasou o salário de deputado. Falta de vergonha na cara. Esta Casa precisa voltar a trabalhar em defesa do bem comum baiano. Lamento que os senhores deputados estejam transformando esta Casa numa secretaria de estado, um apêndice do Governo. “

Targino ainda criticou a constante ausência dos parlamentares e lamentou o grande índice de violência na Bahia, tornando o estado com maior índice de homicídios no Brasil.

“Isso é uma imoralidade. Eu, que trabalho arduamente em Feira de Santana todos os dias, venho e volto diariamente, arriscando a vida, mas o faço por obrigação, tenho que cumprir as minhas responsabilidades, pois cheguei aqui para a defesa intransigente das minhas ideias, vim aqui para bem representar os eleitores que em mim confiaram e me deram o poder de representação. Lamento profundamente que o estado da Bahia esteja à deriva, colecionando índices negativos, sendo o estado com maior número de homicídios no Brasil. Lamento profundamente que Rui Costa, que prometeu 40 mil policiais, fez um concurso e garantiu contratar 2500, porém nem em relação aos 500 homologados neste concurso ele se manifestou. Disse que vai ser o governador que mais vai contratar soldados na Bahia, mas o governador é 171, porque a quantidade de soldados que vão se aposentar é muito maior do que aqueles que ele vai contratar no período e a Bahia vai continuar desse jeito, faltando vontade para governar no Palácio de Ondina, faltando vontade do governo trabalhar nesta Casa. Lamento profundamente isso que está a ocorrer nesta Casa, patrocinado pelo Governo da Bahia.”

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



Anuncio!
1a512fea-d71e-4c66-9809-2b3f54f51cf5
20729621_104680040252798_1835025526552487195_n
logo
0a69a8dd-2c6f-4758-bb89-7a3500553d8b
ac2989e4-2a4a-4646-b359-36f246ef1e62
images
2c96748c-7aca-464f-a9f4-5edb11afe3da
Sueder
Lene
16998243_743738035784161_511361367268910124_n
logo-rota-da-moda2
1a512fea-d71e-4c66-9809-2b3f54f51cf5
20729621_104680040252798_1835025526552487195_n
logo
0a69a8dd-2c6f-4758-bb89-7a3500553d8b
ac2989e4-2a4a-4646-b359-36f246ef1e62
images
2c96748c-7aca-464f-a9f4-5edb11afe3da
Sueder
Lene
16998243_743738035784161_511361367268910124_n
logo-rota-da-moda2

Enquete


    • Sorry, there are no polls available at the moment.

  • O Povo Fala