Publicado por Osvaldo Cruz em 11/05/2017 às 11:21 pm Nenhum Comentário

naom_59036dd0e7683A ex-presidente Dilma Rousseff afirmou que os marqueteiros João Santana e Mônica Moura, que a acusaram de ter conhecimento do caixa dois da Odebrecht, “prestaram falso testemunho e faltaram com a verdade em seus depoimentos, provavelmente pressionados pelas ameaças dos investigadores”.

Em nota de sua assessoria de imprensa, a petista disse que “apesar de tudo, a presidente eleita acredita na Justiça e sabe que a verdade virá à tona e será restabelecida”.

Ela reclamou do fato de que sua defesa não teve acesso à íntegra dos depoimentos de Santana e Moura, o que foi pedido ao Tribunal Superior Eleitoral “há semanas”, para apresentar as alegações finais ao relator da ação de cassação da chapa Dilma Temer, ministro Herman Benjamin.

“A defesa foi prejudicada pela negativa do relator. Não foi possível cotejar os depoimentos prestados pelo casal à Justiça Eleitoral e na Lava Jato”, afirmou a assessoria de Dilma.

“As contradições e falsos testemunhos foram vislumbrados, apesar disso, pelo que foi divulgado amplamente pela imprensa, na velha estratégia do vazamento seletivo dos depoimentos -uma rotina nos últimos tempos. Agora mesmo, os depoimentos são entregues à imprensa, mas não repassados oficialmente à defesa da presidente eleita.”

Com informações da Folhapress.

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!



Anuncio!
Sueder
Sueder
Lene
16998243_743738035784161_511361367268910124_n
logo-rota-da-moda2
12592491_798862370240947_2578759563094791953_n
Sueder
Sueder
Lene
16998243_743738035784161_511361367268910124_n
logo-rota-da-moda2
12592491_798862370240947_2578759563094791953_n

Enquete


    • Sorry, there are no polls available at the moment.

  • O Povo Fala